Leões do Parque. Torcida estilo Barra Brava do S.C. São Paulo de Rio Grande
 
PortalInícioCalendárioGaleriaBuscarMembrosGruposFAQRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Historia

Ir em baixo 
AutorMensagem
Rodrigo Tavares
Gandula
Gandula
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 32
Localização : Rio Grande
Você é Sócio do São Paulo? : SIM
Data de inscrição : 30/11/2008

MensagemAssunto: Historia   Seg Dez 01, 2008 12:58 pm

Barra Brava
Barra brava é um tipo de movimento de torcedores de esportes muito popular na América Latina, conhecida por incentivar suas equipes com cantos intermináveis e fogos de artifício. Costumam localizar-se em setores mais baratos das arenas esportivas, acompanhando as partidas sempre de pé. Contudo, são responsáveis por muitos atos de violência dentro e fora dos estádios.




Origem

Se tem notícia do primeiro confronto violento entre torcedores ocorreu em uma partida entre a Argentina e o Uruguai em 16 de julho de 1916 no estádio do Gimnásia y Esgrima de Buenos Aires. Foram vendidas 40 mil entradas para o jogo, sendo que o local só poderia receber a metade. Como resultado, parte do estádio acabou sendo incendiado[1].

Curiosamente, o primeiro jogo entre Boca Juniors e River Plate, disputado em 20 de setembro de 1931 também terminou com distúrbios. Três jogadores do River foram expulsos e se negaram a sair de campo, logo, a torcida revoltou-se e iniciou uma batalha contra a boquense.

Em 14 de maio de 1939, no estádio de Lanús, a violência teve suas primeiras vítimas fatais. Em um jogo da quarta divisão entre o Boca e o time da casa, após uma falta cometida por um jogador do Lanús, os futebolistas começaram a se enfrentar, sendo ajudados pelo público. Ao ver isso, a torcida do Boca tentaram durrabar o alambrado e invadir o relvado, mas foram impedidos pelo policial Luis Estrella, que disparou um tiro à arquibancada, acertando e matando dois espectadores, Luis López e Oscar Munitoli, menor de 9 anos.

Estes casos isolados tornaram-se mais sérios no final da década de 1950, mais precisamente em 1958, com a assassinato de Alberto Mario Linker[1], torcedor do River Plate, quando a sociedade argentina tomou ciência da existência de grupos organizados bastante semelhantes das barra bravas atuais, que controlavam todos os aspectos de ligados a uma partida de futebol. Anteriormente, quando uma equipe jogava como visitante, a mesma era pressionada pela torcida local. Com o propósito de responder a esta pressão, as Barra Bravas nasciam, tendo como caráter moralizados o uso da violência[2]. Pouco a pouco, cada time ia recebendo a sua própria Barra.

Logo, os dirigentes dos clubes começaram a financiar estes movimentos, pagando suas entradas no eventos e as viagens realizadas. O acesso a este benefício dependia da hierarquia dentro de cada barra. Para tanto, era necessário ser violento, o que aumentou os índices de mortes[1]. Entre 1924 e 1957, só haviam registros de 12 mortes a partir da violência do futebol na argentina[2].
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://leoesdoparque.forumeiros.com
Rodrigo Tavares
Gandula
Gandula
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 32
Localização : Rio Grande
Você é Sócio do São Paulo? : SIM
Data de inscrição : 30/11/2008

MensagemAssunto: Re: Historia   Seg Dez 01, 2008 1:04 pm

Materiais

Dentro os materiais utilizados pelas barra bravas encontram-se:

Bandeiras
Fogos de artifício
Sinalizadores
Piscas
Chuva de Prata
Fumaças
Bobinas
Papel Picado
Guarda-chuvas
Balões
Trapos (ou panos) - que trazem mensagens de apoio, alusão à história ou localidades
Barras (ou faixas) verticais e, em alguns casos horizontais

Instrumentos

Para gerar um som alto e empolgante, as Barra Bravas precisam de instrumentos musicais, que variam de grupo para grupo, mas freqüentemente usam alguns como estes:

Bumbos
Caixas
Murgas
Trompetes
Apitos
Pratos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://leoesdoparque.forumeiros.com
 
Historia
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Sobre Barras Brava :: História das Barras Brava-
Ir para: